top of page
Buscar

Estamos a recrutar - VIGILANTE / GUARDA-RONDISTA

 


TERMOS DE REFERÊNCIA


Objetivos

A Associação dos Albergues Nocturnos do Porto (Albergues do Porto) procura um(a) Vigilante/Guarda Rondista para os seus Centros de Alojamento Temporário no Porto – Cedofeita e Campanhã, que acolhem Pessoas em Situação e em extrema vulnerabilidade.

 

Responsabilidades

  • Assegurar a defesa, vigilância e conservação das instalações e valores que lhe estejam confiados;

  • Registar as entradas e saídas de pessoas, veículos e mercadorias;

  • Fazer rondas pelas instalações de vigilância comportamental dos utentes, para a identificação de ocorrências e sinalização de situações junto da equipa técnica;

  • Colaborar nos serviços de apoio aos utentes e na logística de arrumação e organização das instalações.

  • Colaborar na implementação das Medidas de Autoproteção, incluindo as medidas de segurança em situação de incêndio ou outras ocorrências.


Requisitos

  • Nível de Qualificação mínima 9º ano;

  • Experiência de trabalho como vigilante (preferencial)

  • Pessoa dinâmica com sensibilidade para a população com maior vulnerabilidade social;

  • Capacidade para prevenir e debelar conflitos;

  • Boa capacidade de adaptação, empatia e resiliência;

  • Capacidade de trabalho em equipa e bom relacionamento interpessoal;

  • Capacidade de compromisso, pontualidade e assiduidade.


  Condições

  • Contrato de trabalho sem termo;

  • Trabalho a tempo integral com 40h/semana;

  • Horário: 00h às 08h;

  • Remuneração base: 820€/mês;

  • Suplemento trabalho noturno;

  • Subsídio de Alimentação;

  • Depende hierárquica e funcionalmente da Direção Técnica;

  • Admissão imediata.

 

 

Processo de Seleção

As candidaturas, incluindo Curriculum Vitae, carta de motivação e duas referências, deverão ser enviadas ao cuidado de Rui Ferreira para rui.ferreira@alberguesdoporto.org, até ao próximo dia 11 de fevereiro de 2024, com a referência no assunto AP_Guarda_Rondista.

 

 

 

Sobre os Albergues do Porto

A Associação dos Albergues Nocturnos do Porto (Albergues do Porto), fundada a 01 de dezembro de 1881, por iniciativa do Rei de Portugal, D. Luís I, é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, de comprovada Utilidade Pública, que funciona ininterruptamente durante todo o ano.

Mantendo-se fiel aos desígnios que presidiram à sua constituição, a Associação tem como finalidade principal prover, de todos os cuidados necessários, a qualquer pessoa carenciada que o solicite independentemente do sexo a que pertença, do país de origem e da religião que professe, por forma a contribuir para que quem acorre à Instituição, perdido, abandonado, doente, em auto destruição, excluído, possa prosseguir o caminho natural do ser humano: se realize e seja parte do todo que é a sociedade.

Para cumprir com a sua Missão, os Albergues do Porto desenvolvem as respostas sociais Centro de Alojamento Temporário (CAT) e o Plano de Emergência Alimentar dinamizadas ao abrigo dos Acordos e Protocolos de Cooperação contratualizados entre os Albergues do Porto e o Instituto da Segurança social, IP (ISS, IP) com vista a contribuir para a melhoria das condições de vida e para a capacitação, autonomização e integração social das pessoas mais carenciadas da nossa sociedade, designadamente, as Pessoas em Situação de Sem-Abrigo.

bottom of page